sábado, 24 de fevereiro de 2018

Pipeiros em alta velocidade pelas ruas de Apodi gera reclamações

No dia 21 de janeiro de 2015 às 10h o blog abordava a seguinte matéria: Apodi: Caminhões-pipa socorrem cidades sem água no Oeste. Clique AQUI e reveja. Foto: Cedida

Blog ApoDiário provoca hoje e faço um grito de alerta e conclamo ainda os pipeiros a evitarem uma tragédia.

O motivo mais que justo é a alta velocidade, e às vezes até exagerada dos motoristas dos caminhões pipas no perímetro urbano de nossa cidade.

É preciso que, não somente nós apodienses, mas todas as autoridades constituídas e o próprio Exército chamem atenção para essa questão, antes que aconteça um acidente mais grave.

O programa operação pipa funciona há 13 anos na região, e o município de Apodi por deter grande capacidade hídrica é quem abastece toda região do Médio e Alto oeste.

Atualmente o município dispõe de 3 poços que fornecem água para as regiões Oeste e Alto Oeste: Peniel, Pescolândia e Jatobá. São em média entre 450 e 500 viagens diariamente para toda região Oeste potiguar e até cidades da Paraíba.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.

Um comentário:

arykleberfernandes disse...

Peniel não está mais ativo. Pescolândia, Jatobá 1, jatobá 2, Sorata e o que fica no Péqué que não sei o nome. Outra coisa, educação no trânsito não é somente de uma categoria, a falta de atenção, senso parti de todos, motoqueiros e motoristas no geral. Caminhão é lento para arrancar e para parar, as pessoas por falta de senso (principalmente os motoqueiros) ficam ziguezagueando, para bruscamente, não utiliza a sinalização devida, entra e sai rapidamente... Caminhão carregado trava as rodas e não para imediatamente. Sim, realmente há alguns que são irresponsáveis porém não é somente a Categoria.