http://s01.transmissaodigital.com:7048 Blog ApoDiário: Presos do CDP Apodi fazem provas para certificação do Ensino Fundamental e Médio

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Presos do CDP Apodi fazem provas para certificação do Ensino Fundamental e Médio


Mais da metade dos internos do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP) vão prestar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) nos dias 18 e 19. Ao todo são 29 detentos aptos a participarem do exame.

De acordo com o diretor do CDP Apodi, agente penitenciário, Márcio Morais, as provas objetivas e de redação visam aferir habilidades e saberes em nível de conclusão do Ensino Fundamental ou do Ensino Médio para fins de correção do fluxo escolar.

O exame acontece nas penitenciárias e nas unidades de medidas socioeducativas de todos os estados.

“Os internos participantes vão receber a certificação do Ensino Fundamental ou Médio se atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 5 pontos na redação”, comentou Márcio Morais.

Os candidatos à conclusão do Ensino Fundamental vão fazer provas de ciências naturais, história e geografia; língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação; e matemática. No caso da certificação do Ensino Médio, as provas serão de ciências naturais e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens e códigos e suas tecnologias e redação; e matemática e suas tecnologias.


O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, estimula ações educativas nos presídios, em parceria com a área de educação, por considerá-las uma das formas de ressocialização das pessoas privadas de liberdade.

O CDP Apodi tem sido modelo para o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte, na unidade são realizados vários projetos de ressocialização, como o Projeto de Leitura Valendo a Liberdade, Educando para a Liberdade, Varrendo a Violência Empregando a Paz, com a fabricação de vassouras pet, onde já foi retirada mais de 100 mil garrafas pet do meio ambiente e transformadas em vassouras.

“O nosso trabalho recebe o apoio da Sejuc/Coape, Judiciário, Ministério Público e da própria comunidade que tem apoiando nossas ações”, finaliza Márcio Morais.

A direção do CDP Apodi montou um esquema de segurança na unidade para realização dos dois dias de prova. Apesar de o estabelecimento penitenciário ser um dos mais tranquilos do Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte, a preocupação da segurança dos professores aplicadores das provas foi tomada por todos os agentes.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.


Nenhum comentário: