terça-feira, 16 de abril de 2019

"A agenda de ações com pano de fundo o campesinato muito nos anima, os camponeses precisam cada vez mais de políticas públicas," disse Agnaldo Fernandes


Nesta segunda-feira (15), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi (STTR), foram entregues títulos de posse de terra a camponeses e camponesas, 10 máquinas de forragem que vão beneficiar aos agricultores da região. Além de freezers para o programa compra direta. A atividade ainda contou com a assinatura de um projeto de cooperação técnica para qualificação, coordenado pelo secretário Alexandre Lima e pelo diretor da EMATER, César Oliveira. Outro detalhe é que os títulos de terra agora contam com a titularidade da mulher no documento.


A agenda contou com o empenho do Governo do Estado, através do secretário da Seara, Alexandre Lima, do diretor da EMATER, César Oliveira, além da articulação do mandato da Deputada Estadual, Isolda Dantas e do Sindicato dos Trabalhadores e trabalhadoras rurais de Apodi (STTR).


Outro gesto bastante simbólico que traz muito do potencial do campesinato apodiense, foi o almoço comunitário oferecido pelo casal de camponeses assentados da reforma agrária, seu Edílson e Dona Lizete do projeto de assentamento São Manoel prepararam um cardápio legítimo do sertão.


“A agenda de ações com pano de fundo o campesinato muito nos anima, os camponeses precisam cada vez mais de políticas públicas, de ações que os legitimem e garantam sua convivência de forma digna no campo. Sempre que nossa pauta estiver sendo evidenciada, terá a atenção da nossa entidade sindical,” frisou Agnaldo Fernandes.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.

Nenhum comentário: