terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Congresso e a Lava Jato: ninguém vai cassar ninguém

A divulgação da lista de políticos citados na delação de Paulo Roberto Costa criou um clima de desconfiança no Congresso sobre a possibilidade de cassação em massa de mandatos em 2015, revela Vera Magalhães, hoje na Folha de S.Paulo. Ela diz que lideranças dos principais partidos da base admitem reservadamente que, apesar da crise política, é improvável que os deputados e senadores aceitem cassar colegas que tenham recebido apenas doações legais do esquema – mesmo que os delatores digam que o dinheiro era proveniente de corrupção.

Nenhum comentário: