domingo, 30 de outubro de 2016

Alan "ameaça" cortar repasse caso direção da Maternidade não seja dada aos Bacuraus

A eleição para nova diretoria da APAMI tem movimentado as redes sociais, e a escolha da diretoria será decisiva para continuidade dos serviços por ela oferecidos, é o que garantem os eleitores de Alan Silveira.

A nova gestão, que assumirá a prefeitura em Janeiro de 2017 já articula para destituir Castelo Torres da direção da unidade, sob a ameaça de cortar o repasse, caso a nova diretoria não seja repassada ao PMDB.

O nome de Klinger é o do jovem Junior Morais, que há dias vem articulando apoios junto aos cerca de 150 sócios da APAMI.

Em discussão nas redes sociais, empresários apodienses discutem o futuro da unidade.

Enquanto alguns elogiam o trabalho de Castelo Torres, outros o associam ao grupo da Nova Geração, na justificativa para tirá-lo da presidência.

"Mas é importante frisar o trabalho de Castelo Torres junto a APAMI, muito bom.

Tratar uma instituição como essa _[Maternidade Claudina Pinto]_ com politicagem denigre a imagem da mesma." - defendeu Polastry Diógenes.

"Pollastry, difícil não usar a política quando se há repasses no valor que a APAMI recebe por mês da prefeitura. Nenhum prefeito vai deixar um adversário gerir tal recurso.

Enfim, não creio que haverá repasses mensais da prefeitura com Castelo Torres no comando da APAMI." - falou outro comentarista, defendendo a troca de presidência.

Outros apodienses também fizeram seus argumentos quanto a nova diretoria, enquanto que o lado de Alan defende a troca de presidente, os que votaram contra pedem que as discussões sejam menos politicas, e que seja observado todo o trabalho já realizado por Castelo Torres.

2 comentários:

fabio neri disse...

Essa postagem parece samba do crioulo doido, caso não queiramos admiti-la irresponsável e merecedora de retratação, senão vejamos:
o prefeito eleito Alan disse a quem que ameaça repassar os recursos municipais a APAMI?
Klinger pode determinar quem deva ser o novo presidente da APAMI, pelo simples fato de ser o pai do prefeito eleito Alan Pinto?
Cuidado blogueiro, Klinger pode mandar fechar seu blog.

Marcos pinto disse...


Até quando teremos que suportar essa mentalidade política tacanha e do mais baixo nível cultural e social, que há muito tempo tem acarretado sérios transtornos ao progresso do nosso município ?. A quem interessa o jogo baixo e espúrio, envolvendo a respeitável instituição hospitalar APAMI ?. Não é à toa que politicagem e politicalha rimam, respectivamente, com molecagem e canalha.