sábado, 9 de fevereiro de 2019

O preço da corrupção

No ano passado, a Polícia Federal apreendeu R$ 1,8 bilhão em ações de combate a corrupção. O alto valor representa apenas a metade do recolhido em 2017: R$ 3,7 bilhões. A cifra abrange valores em espécie e bens dos envolvidos.

A maior apreensão (R$ 346 milhões) se deu na 55ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Integração II, que investiga crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, estelionato e peculato em um esquema relacionado à administração das rodovias federais no Paraná.

Pauta esvaziada e dúvidas sobre como será o “modus operandi” daqui para a frente levaram o governo a adiar de fevereiro para março a primeira reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Vários integrantes do Poder Executivo foram destituídos. A paralisação não é boa. O Fundo precisa encontrar o seu caminho. (Ricardo Boechat – ISTOÉ)

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.

Nenhum comentário: