quinta-feira, 4 de abril de 2019

Preço de remédio subiu dia 1º. Vá atrás dos melhores preços

Está valendo desde o dia 1º de abril o reajuste anual de até 4,33%, autorizado pelo governo, nos preços dos remédios. No entanto, ele não deve ser aplicado imediata e automaticamente em todas as farmácias, especialmente pelas que contam com bons estoques de produtos, adquiridos por preços antigos, portanto mais baixos.

Mas há ainda outro fator determinante para que os remédios não fiquem 4,33% mais caros: a concorrência, que tem aumentado de forma vertiginosa nos últimos anos. Em cada esquina há uma farmácia, em um quarteirão, duas ou três. Não bastasse isso, a venda pela internet também entrou na disputa pelos clientes com preços convidativos.

Vários sites trazem um comparativo de preços de um mesmo medicamento, assim como aplicativos pelo celular. E o consumidor precisa lançar mão da pesquisa e ter a consciência de sua força no momento da compra.

Quem pretende preservar as finanças precisa abandonar a cultura de escolher a farmácia em que vai adquirir os produtos, seja porque está mais próxima da residência, seja pela amizade com os atendentes.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.

Nenhum comentário: