sexta-feira, 7 de junho de 2019

Dinheiro pelo ralo

Em quatro anos, o que corresponde à metade dos seus mandatos, os nobres senadores torraram R$ 100 milhões com a chamada verba de gabinete. A dinheirama sai pelo ralo com compra de passagens, pagamento de refeições, aluguéis de escritórios, combustíveis e outros penduricalhos.

Isso sem falar nos funcionários fantasmas que também entram no pacote.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.


Nenhum comentário: