sexta-feira, 26 de julho de 2019

O FGTS é insuficiente para girar o modelo econômico de Paulo Guedes

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi criado em 1966 no governo do Marechal Castello Branco para substituir a estabilidade no emprego por uma poupança forçada do trabalhador. O ministro do Planejamento do regime militar, Roberto Campos, autor da ideia, tinha dois objetivos: reduzir custos de demissões de trabalhadores e usar os recursos do fundo para financiar a construção civil.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, teve agora que recorrer a cerca de R$ 42 bilhões destes recursos acumulados para estimular o consumo e melhorar o sofrível desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), que ameaça crescer menos do que 1% em 2019.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI e no Instagram clicando AQUI.

Nenhum comentário: