sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Comissão aprova para 2020 salário mínimo de R$ 1.040, sem aumento real

A Comissão Mista de Orçamento aprovou hoje, com atraso, o projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2020, que fixou em R$ 1.040 o salário mínimo nacional no ano que vem. O valor não representa ganho real (acima da inflação) em relação ao salário mínimo deste ano, de R$ 998.

O texto que passou pela comissão ainda precisa ser aprovado em sessão conjunta do Congresso Nacional antes de seguir para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A equipe econômica do governo é responsável pela proposta de incorporar ao salário mínimo somente a inflação, medida pela expectativa de variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor). Para 2021 e 2022, o plano é também manter o reajuste do salário mínimo sem ganho real.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, só haverá aumento acima da inflação se forem aprovadas reformas fiscais, como a da Previdência. Segundo ele, cada R$ 1 de reajuste concedido tem impacto de R$ 300 milhões nos cofres públicos.

Nenhum comentário: