domingo, 1 de setembro de 2019

Remédios: SUS pede que população recorra à justiça

Por Carlos Brickmann

O SUS e os remédios

O SUS está passando um recado esquisito à população: é melhor recorrer à Justiça para receber remédios caros. Medicamentos para a epilepsia, que atinge uns 2% da população, já deveriam há meses estar na lista do SUS, e não estão ainda.

Mas 90 pacientes que entraram na Justiça e obrigam o SUS a gastar com eles R$ 100 milhões por ano já aguardam que o remédio entre na lista, mesmo sem ter ainda cumprido todas as etapas normais. Tradução: é melhor ir à Justiça do que aguardar o processo normal do SUS.


Nenhum comentário: