terça-feira, 28 de abril de 2020

Dia Internacional da Educação: mesmo com cenário atípico, data celebra a importância do ensino


Mesmo em um cenário atípico em que instituições de ensino tiveram que fechar temporariamente suas unidades e adaptar seus conteúdos para a Educação a Distância (EAD), em virtude da pandemia do coronavírus, o Dia Internacional da Educação, celebrado hoje (28), não pode passar em branco. Direito essencial de todo cidadão, é por meio da Educação que há desenvolvimento de competências e habilidades, instrução formativa e geração de valores.

O Brasil e vários países do mundo comemoram nesta terça-feira, 28, o Dia da Educação. A data lembra o dia em que 164 nações se reuniram no Fórum Mundial da Educação de Dacar, no Senegal, em 2000. Com o coronavírus, 1,3 bilhão de alunos ou 74% dos estudantes matriculados, incluindo no Ensino Superior, estão fora de aulas presenciais. Há uma semana, eram 1,6 bilhão.

Dinamarca foi o primeiro país europeu a reabrir creches e escolas, em 15 de abril. Outros países europeus planejam reabrir suas escolas em maio, como Alemanha e França. No Brasil, segundo a Unesco, quase 53 milhões de alunos estão sendo afetados pela quarentena. Apesar de parcerias dos governos para aulas online na rede pública, há uma dificuldade em acessar a internet (sobretudo, fora do celular) para alunos de baixa renda. Enquanto isso: o ano de 2020 deveria ser de discussão para um novo Fundeb, fundo de financiamento da educação básica que expira no fim do ano. Com a pandemia, a pauta perdeu espaço no Congresso.

Nenhum comentário: