terça-feira, 1 de setembro de 2020

Conheça o projeto Ciranda e veja como o aprendizado dos adolescentes pode ser diferente

 

Financiado pelo Itaú Social, o projeto busca trazer uma forma diferente de trabalhar a habilidade dos jovens, em Apodi.

Coordenado por Cleomara Gurgel, o Projeto Ciranda em Apodi - 'Brincar é para quem pode trabalhar também!' Projeto esse financiado pelo Itaú Social (órgão financiador), vem realizando diversos trabalhos e habilidades com jovens e adolescentes e que merecem destaque.

Após trabalhar a habilidade de Enfrentamento à Identidade durante duas semanas, onde foi abordado a questão do que é esse enfrentamento à identidade, o preconceito, a autoaceitação, a identidade de gênero e a identidade cultural.


"Os alunos do projeto Ciranda foram convidados pelas orientadoras para desenvolver alguns cordéis, relacionados aos temas abordados na habilidade. Os mesmos tiveram uma semana para realizar a atividade com apoio da equipe", explicou a secretária Itamara Sena.

O tema prevaleceu o mesmo para todas as turmas, mudando apenas as estrofes e as ilustrações com o tema: 'Que danado é Enfrentamento à Identidade?'

"O Ciranda foi pensado, planejado, criado e desenvolvido para que os alunos não vejam o projeto como apenas um lugar que eles vão para escutar as orientadoras, mas sim para que possam enxergar um ambiente que possam criar habilidades como foi o caso dos cordéis", enfatizou a coordenadora Cleomara Gurgel.

Nenhum comentário: