sábado, 31 de agosto de 2019

Apodi realizará 3ª edição da Semana da Leitura


A Prefeitura de Apodi, por meio da secretaria de Educação e Cultura, convida alunos, professores, gestores e toda sociedade para prestigiarem a 3ª edição da Semana da Leitura, com o tema: “O Cascudo nosso de cada dia”, que acontecerá no período de 2 a 7 de setembro, encerrando com o tradicional desfile cívico e cortejo.

Haverá apresentações todas as noites no adro da igreja matriz. Confira a programação acima.

CONVITE: Seminário Encontro de Saberes: Comunidades camponesas e academia construindo a resistência na Chapada do Apodi


A Comissão Pastoral da Terra da Diocese de Mossoró/RN e o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi/RN realizarão, entre os dias 02 e 04 de setembro, o Seminário Encontro de Saberes: Comunidades camponesas e academia construindo a resistência na Chapada do Apodi.

A atividade será realizada na sede do Sindicato e oportunizará o diálogo entre diversas pesquisas já realizadas na região da Chapada do Apodi/RN com foco na luta das comunidades camponesas frente ao avanço das empresas do agrohidronegócio na região.

Estarão presentes pesquisadoras da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e da Universidade Federal do Ceará (UFC). Durante os três dias de Seminário, esses/as pesquisadores/as debaterão e trocarão conhecimentos e saberes com representantes de comunidades camponesas que resistem aos danos provocados pelo agrohidronegócio na Chapada do Apodi.

Também estarão presentes na atividade o Professor Dr. Carlos Walter Porto-Gonçalves, da Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Professora Dra. Raquel Rigotto, da Universidade Federal do Ceará (UFC). Representantes de organizações sociais que atuam na área também estarão presentes para colaborar com as discussões. O seminário é aberto ao público no dia 04 de setembro, sem necessidade de inscrição prévia. Esta iniciativa conta com o apoio da CESE e da Fundação Inter Americana (IAF).

O que? Seminário Encontro de Saberes: Comunidades camponesas e academia construindo a resistência na Chapada do Apodi/RN.
Quando? De 02 a 04 de setembro de 2019.
Onde? Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apodi/RN.
Outras informações:
Comissão Pastoral da Terra – Regional NE2
Fone: (84) 99971.4510
STTR Apodi
Fone: (84) 99942.0641

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Apodi recebe visita da senadora Zenaide Maia


Na manhã desta sexta-feira (30), a senadora Zenaide Maia, esteve presente na inauguração da Casa de Regentes do IFRN-Campus Apodi uma demanda antiga do Instituto e que foi possível através de emenda parlamentar da então deputada federal no ano de 2017.

A senadora que é uma grande defensora da educação fez questão de vir à Apodi para entregar essa obra que será de grande importância para os alunos.


"Prefeitura Mais Perto" leva os órgãos municipais até a população, com diversos atendimentos

O intuito do novo projeto é levar a Administração Municipal mais próxima ao cidadão Apodiense


Os moradores do bairro Bico Torto, em Apodi, prestigiaram, durante esta sexta-feira, 30, a terceira edição do programa “Prefeitura Mais Perto”, pelo prefeito Alan Silveira. Ele destacou que a iniciativa tem como finalidade melhorar a qualidade de vida das pessoas, trazendo para dentro da comunidade todos os serviços oferecidos pelo Município.


Durante toda manhã e tarde o bairro Bico Torto recebeu uma atenção especial da gestão, ganhando inclusive uma academia ao ar livre e um parquinho infantil.

CMDCA realiza audiência pública e apresenta candidatos ao Conselho Tutelar


Com a presença de familiares e a sociedade civil em geral foi realizado na noite dessa quinta-feira (29), a audiência pública que apresentou a população apodiense os 16 candidatos ao Conselho Tutelar para o quadriênio 2020/2024.


O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), através do presidente Emerson Medeiros e da comissão eleitoral explicou aos presentes o que era ser conselheiro tutelar, explanou sobre as eleições e a importância do voto.


O evento foi realizado nas dependências da Câmara Municipal de Apodi. Estiveram presentes o chefe do Executivo Alan Silveira, presidente da Câmara Chico de Marinete, a secretária de Desenvolvimento e Assistência Social Itamara Sena e o vereador Charton Rêgo.

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Aluna da Ufersa ensina libras a moradores de sua comunidade


Ontem à noite (28), a aluna Stefany Eduarda, do curso de Letra Libras da UFERSA campus Caraúbas iniciou, na Estação Digital Espaço Virtual, localizada no distrito de Córrego, Apodi – RN, uma pequena turma para ensinar Libras Básico a amigos moradores da comunidade. A iniciativa partiu da mesma conviver no meio universitário com *cultura surda e saber das dificuldades e lutas pelos quais os surdos enfrentam na sociedade.

Stefany convidou alguns amigos que tenham interesse em aprender libras. Os alunos da turma estavam empolgados com a expectativa de aprender a comunicar-se com surdos, por meio da língua de sinais e foi sugerido até, que a turma possa apresentar algo na VII Feira de Arte e Cultura de Córrego, que se realiza de 22 a 24 de novembro do corrente ano. Estão bastante animados para participar das aulas seguintes que acontecerão às quartas-feiras.


*Cultura Surda: é o jeito de o sujeito surdo entender o mundo e de modificá-lo a fim de se torná-lo acessível e habitável ajustando-os com as suas percepções visuais, que contribuem para a definição das identidades surdas e das “almas” das comunidades surdas. (STROBEL, 2008, p.30).

STROBEL, Karin. As imagens do outro sobre a cultura surda. 2. ed. rev. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2009.

Clique AQUI e veja mais fotos.

Prefeito visita UBS do Córrego


O prefeito de Apodi, Alan Silveira visitou de surpresa a Unidade Básica de Saúde Maria Vinda de Oliveira, que fica no distrito do Córrego. A unidade realizou mais uma ação do Saúde em Dia com pequenas cirurgias. Ele foi acompanhado pelos secretários municipais de Saúde, Sabino Neto e de Finanças, Railton Diógenes.

Alan entrou em todas as salas da unidade de saúde e conversou com a população. Foi recebido com muito carinho pelos pacientes e funcionários. “Foi realizado quase 15 pequenas cirurgias somente à tarde. Esta ação acontece duas vezes por mês, sendo mais um diferencial da nossa gestão”, destacou Alan Silveira. 

Usuários do Caps I e grupo de idosos se uniram em favor da qualidade de vida


O grupo Alfa 2 do Centro de Atenção Psicossocial (Caps 1) de Apodi, com o grupo das pessoas idosas do CRAS São Sebastião em parceria estão realizando atividades físicas.

“Vamos caminhar juntos, uma parceria quem vem desenvolvendo uma melhor qualidade de vida para seus usuários, apoio total do prefeito Alan Silveira”, comentou o educador físico Wellington Cristino.

De todas as coisas que eu não entendo essa é só mais uma

O BNDES fechou o primeiro semestre com um lucro de 13 bilhões de reais.

Um crescimento de 190% em relação ao mesmo período do ano passado que foi de pouco mais que 4 bilhões.

Esse D não era para ser “Desenvolvimento”?

Ou o que importa é só o B de “Banco”?

Boa parte desses 13 bilhões não deveriam ter sido utilizados para, por exemplo, reduzir o desemprego?

Enquanto o diretor de Crédito e Participações do Banco, André Laloni, afirmou que a carteira do BNDES é muito especulativa, o presidente, Gustavo Montezano, informou que o Banco está em situação confortável e pode devolver para a União, até o final do ano, R$ 126 bilhões.

Que ótimo, né gente?

Assim o governo pode ter um dinheirinho extra para garantir o fundo partidário, as festas de final de ano dos Ministérios e quem sabe até uma cesta de Natal bacana para os deputados.

Sei lá.

De todas as coisas que eu não entendo essa é só mais uma.

Por Mentor Neto


“Você faz faxina? Não, faço mestrado. Sou professora”


A professora e historiadora Luana Tolentino viralizou nas redes sociais após relatar um caso de racismo sofrido em Belo Horizonte. Na quarta 19, a docente caminhava pela rua quando foi abordada por uma senhora branca que perguntou se ela fazia faxina. Luana escreveu um depoimento sobre o caso, refletindo sobre os impactos do racismo na sociedade.

Luana Tolentino, via Facebook

Hoje uma senhora me parou na rua e perguntou se eu fazia faxina.

Altiva e segura, respondi:

– Não. Faço mestrado. Sou professora.

Da boca dela não ouvi mais nenhuma palavra. Acho que a incredulidade e o constrangimento impediram que ela dissesse qualquer coisa.

Não me senti ofendida com a pergunta. Durante uma passagem da minha vida arrumei casas, lavei banheiros e limpei quintais. Foi com o dinheiro que recebia que por diversas vezes ajudei minha mãe a comprar comida e consegui pagar o primeiro período da faculdade.

O que me deixa indignada e entristecida é perceber o quanto as pessoas são entorpecidas pela ideologia racista. Sim. A senhora só perguntou se eu faço faxina porque carrego no corpo a pele escura.

No imaginário social está arraigada a ideia de que nós negros devemos ocupar somente funções de baixa remuneração e que exigem pouca escolaridade. Quando se trata das mulheres negras, espera-se que o nosso lugar seja o da empregada doméstica, da faxineira, dos serviços gerais, da babá, da catadora de papel.

É esse olhar que fez com que o porteiro perguntasse no meu primeiro dia de trabalho se eu estava procurando vaga para serviços gerais. É essa mentalidade que levou um porteiro a perguntar se eu era a faxineira de uma amiga que fui visitar. É essa construção racista que induziu uma recepcionista da cerimônia de entrega da Medalha da Inconfidência, a maior honraria concedida pelo Governo do Estado de Minas Gerais, a questionar se fui convidada por alguém, quando na verdade, eu era uma das homenageadas.

Não importa os caminhos que a vida me leve, os espaços que eu transite, os títulos que eu venha a ter, os prêmios que eu receba. Perguntas como a feita pela senhora que nem sequer sei o nome em algum momento ecoarão nos meus ouvidos. É o que nos lembra o grande Mestre Milton Santos:

“Quando se é negro, é evidente que não se pode ser outra coisa, só excepcionalmente não se será o pobre, (…) não será humilhado, porque a questão central é a humilhação cotidiana. Ninguém escapa, não importa que fique rico.”

É o que também afirma Ângela Davis. E ela vai além. Segundo a intelectual negra norte-americana, sempre haverá alguém para nos chamar de “macaca/o”. Desde a tenra idade os brancos sabem que nenhum outro xingamento fere de maneira tão profunda a nossa alma e a nossa dignidade.

O racismo é uma chaga da humanidade. Dificilmente as manifestações racistas serão extirpadas por completo. Em função disso, Ângela Davis nos encoraja a concentrar todos os nossos esforços no combate ao racismo institucional.

É o racismo institucional que cria mecanismos para a construção de imagens que nos depreciam e inferiorizam.

É ele que empurra a população negra para a pobreza e para a miséria. No Brasil, “a pobreza tem cor. A pobreza é negra.”

É o racismo institucional que impede que os crimes de racismo sejam punidos.

É ele também que impõe à população negra os maiores índices de analfabetismo e evasão escolar.

É o racismo institucional que “autoriza” a polícia a executar jovens negros com tiros de fuzil na cabeça, na nuca e nas costas.

É o racismo institucional que faz com que as mulheres negras sejam as maiores vítimas da mortalidade materna.

É o racismo institucional que alija os negros dos espaços de poder.

O racismo institucional é o nosso maior inimigo. É contra ele que devemos lutar.

Prefeitura de Apodi paga servidores nesta quinta e sexta-feira

Clique no calendário para ampliar!

O pagamento dos salários de todos os servidores da Prefeitura de Apodi, referente ao mês de agosto, será realizado nesta quinta (29) e sexta-feira (30). O anúncio foi feito pelo prefeito Alan Silveira (MDB) nesta quinta-feira (29) pelas redes sociais.

No calendário de pagamento acima, consulte o dia para sacar seus vencimentos. A ação só é possível graças ao planejamento financeiro da gestão do Município, que trabalha para organizar os recursos e garantir os direitos do funcionalismo.

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Projeto Memória Viva – Cadernos de Apodi

Vilmaci Viana, Seu Lalá de Adolfina e Dodora Maia 

A Academia Apodiense de Letras - AAPOL deu início ao projeto 'Cadernos de Apodi', e teve como primeiro entrevistado o leiloeiro Seu Lalá de Adolfina.

Este projeto tem por objetivo resgatar a memória do nosso município, através de entrevistas com personalidades que fazem a nossa riquíssima história.


A escritora Auxiliadora Maia (Dodora) e a presidente desta Academia, Vilmaci Viana coordenam este imprescindível projeto cultural.

"Solicitamos que a comunidade participe indicando pessoas para contarem histórias que aconteceram em nossa Apodi", comentou Vilmaci Viana.

O entrevistador é o voluntário e fotógrafo Ary Oliveira.

Tem que ter mingau no cérebro

O sujeito tem que ter mingau no cérebro para alegar que a Europa desmatou suas florestas por isso não pode falar do Brasil.

É constrangedor explicar, mas vamos lá, já que a audiência desta rede social tem de tudo: a Europa e os EUA realmente desmataram suas florestas. Mas faz séculos que isso aconteceu. Num tempo onde ninguém falava em aquecimento global.

A questão das queimadas tomou uma enorme proporção não porque podem ter sido criminosas, nem porque os estados do norte passam por longa estiagem.

O que impulsiona a questão para as primeiras páginas em todo mundo é o posicionamento de Bolsonaro em relação ao meio ambiente. E ele finge ignorar sua responsabilidade nessa questão (como no discurso de sexta-feira passada).

Bolsonaro parece viver no mesmo século em que a Europa desmatou seu território. Ou melhor, finge viver no Século XIX para poder colocar em prática sua agenda. Nosso presidente nunca viu a floresta e o meio ambiente como um ativo.

Para ele - e nunca escondeu isso, desde a época da campanha - a floresta é apenas solo disponível para ser explorado pela agricultura e/ou pela mineração, dois dos setores que mais contribuíram para sua campanha.

Bolsonaro desconhece as riquezas que podem vir da conservação.

Assim, quando Bolsonaro afirma que não acredita no aquecimento global, que “os ongueiros” são vagabundos ou quando tenta alterar a demarcação de terras indígenas, está se valendo de uma narrativa que sugere um ultra-nacionalismo do século passado, adequado para um militar que venera o golpe.

Mas desconfio que tudo não passe de cortina de fumaça para retribuir aos setores que o apoiam. Por isso ele não quer ajuda externa. Por isso Macron é um “moleque”. Por isso discursa sobre a Amazônia ser nossa. Porque se é nossa, usamos como bem entender, por exemplo, procurando nióbio.

No discurso de sexta-feira, Bolsonaro conseguiu escapar pela tangente e falar apenas sobre as queimadas e não sobre sua responsabilidade de ter afrouxado os controles de desmatamento com seu discurso de exploração do solo e desprezo pelo meio ambiente.

Na reunião de ontem com os governadores da região atingida pelas queimadas o assunto principal foi as terras indígenas.

E enquanto o presidente insiste nesse discurso para deixar feliz agricultores e mineradoras, há quem compre sua narrativa nacionalista posando de patriota.

Tem que ter mingau no cérebro.

Por Mentor Neto



Prefeito cumpre agenda na capital do Estado


Cumprindo agenda administrativa em Natal, capital do Estado nesta quarta-feira (28), o prefeito de Apodi, Alan Silveira se reuniu com o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira para discutir pautas em benefício do município.

“Apresentamos ao deputado o projeto da 3ª Feira Multissetorial e do Festival Gastronômico, visando o incentivo para a sua realização. Também levamos a pauta do esporte local, no qual Ezequiel se mostrou muito solícito e confirmou o apoio”, destacou Alan Silveira.

Poetisa Deusinha te convida para a VII FACUC

I
Preste atenção minha gente
Que agora é o momento certo
Para eu apresentar o projeto
Da VII FACUC para você
A melhor feira de arte e cultura, pode crê
Está voltando de novo
Com esse bonito tema
Cultura, identidade e retrato de um povo. 

II
Nessa feira eu me envolvo
É tudo extraordinário
No Centro Comunitário
É onde tudo acontece
O Córrego, Apodi agradece
A quem vier participar
De 22 à 24 de novembro
Venha! Você vai gostar.

III
Temos muito o que mostrar
Participe que a comunidade ensina
Através das oficinas
Que agora vou citar
Tem uma que ensina a criar
Um roteiro turístico, para andanças
Também o uso da robótica educacional
Para uso das crianças.

IV
Vai ser uma grande festança
Com o uso das tecnologias sociais
No cultivo do cajueiro, e ainda trás
Oficina de capoeira instrumental e prática
A nossa feira é fantástica
Você não pode perder
Dessa feira sou fanática
Vou confessar pra você.

V
A FACUC vai trazer
Tudo de bom para o povão
Passeio Ciclístico, concurso de Redação
A Mais Bela Voz da comunidade
Caminhada Cultural da Feliz Idade
Garota FACUC e Maratona Masculina
Torneio de Futebol, concurso de dominó
E Maratona Feminina.

VI
O povo todo se anima
Com os trabalhos eficientes
Que terão sobre o meio ambiente
Saúde e qualidade de vida, segurança alimentar
Memória, arte e também terá
Trabalho na área de gestão social
De educação e ensino
E educação especial.

VII
O cenário será sensacional
Lindo, magnífico
Com submissão de trabalhos científicos
No formato de resumo
Cada um segue seu rumo
E se a comissão técnica aprovar
Durante o evento, em forma de banner
Você pode apresentar.

VIII
Entidades que irão participar
Dessa feira maravilhosa
Grupo de Mulheres Mãos Talentosas
E a UBS daqui
A Prefeitura Municipal de Apodi
IFRN de Apodi e Universidade Federal
Rádios e tv
E o Sindicato do Trabalhador Rural.

IX
A Escola Municipal Isabel Aurélia Tôrres, nesta feira estará
Com as capelas do meu lugar
São Pedro e São Francisco, vou te dizer
Com grande força, vem a COOPAPI e a AMPC
COAFARN e a população
De Apodi, vão participar
Da FACUC da nossa região.

X
O objetivo dessa feira, é ser um espaço de formação
Que visa o crescimento
E o desenvolvimento
Dos moradores da região da Areia, Apodi
Despertando nas pessoas as potencialidades que tem aqui
Seus valores culturais
Artísticos, religiosos
Econômicos e sociais.

XI
Incentivar de forma contínua, outros profissionais
Os artesãs e produtores
Os estudantes e os professores
Compreendendo a importância do resgate histórico e cultural
Artístico, regional
Através da educação e pesquisa, faremos exposições
Mostrando aos visitantes
O cotidiano do nosso povo, nas apresentações.

XII
Convido todas as regiões
Que tem no nosso Apodi
A comunidade daqui
A Região da Pedra, do Vale e da Chapada
Termino o cordel animada
Se não gostou me desculpe
Mas eu vou gostar de ver
Você na nossa FACUC. 

Deusinha poetisa popular 
Córrego Apodi – RN

FUNDEB para um novo Nordeste

Por Antônio Campos*

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), instituído pela Emenda Constitucional nº 53, de 19/12/2006, atende toda a educação básica, da creche ao ensino médio. Substituto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), que vigorou de 1997 a 2006, o FUNDEB está em vigor desde janeiro de 2007 e se estenderá até 2020, com o objetivo de financiar todas as etapas da educação básica e reservar recursos para os programas direcionados a jovens e adultos.

Impende, neste sentido, destacar que encontra-se em debate diversas propostas de emendas à Constituição com o objetivo de prorrogar o Fundo, sendo denominado de Novo FUNDEB, o que será fruto de construção entre o Legislativo e o Governo, sob a liderança do Ministro Abraham Weintraub, que tem sido um grande apoiador e incentivador da educação básica, como mola propulsora de um futuro melhor para o Brasil.

Com efeito, atualmente a destinação dos investimentos é feita de acordo com o número de alunos da educação básica, com base em dados do censo escolar do ano anterior. O acompanhamento e o controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do programa são feitos em escalas federal, estadual e municipal por conselhos criados especificamente para esse fim.

A estratégia é distribuir os recursos pelo país, levando em consideração o desenvolvimento social e econômico das regiões – a complementação do dinheiro aplicado pela União é direcionada às regiões nas quais o investimento por aluno seja inferior ao valor mínimo fixado para cada ano.

Ou seja, o FUNDEB tem como principal objetivo promover a redistribuição dos recursos vinculados à educação, chegando, mais rapidamente nos cofres dos estados e municípios, observando-se o regime de colaboração entre os entes, sendo responsável por 63% dos recursos para financiamento da educação básica pública no país.

Com um déficit educacional, o Nordeste é campeão em analfabetismo, 38,6% da população de 60 anos ou mais não sabe ler ou escrever, sendo quase quatro vezes maior que a taxa do Sudeste para o mesmo grupo etário, 10,6% em 2017, aponta a pesquisa do IBGE realizada em 2017. Nossa região teve taxa de analfabetismo de 14,5% para pessoas com 15 anos ou mais de idade, bem acima do segundo colocado, o Norte, com 8%. O Novo FUNDEB será, portanto, algo real e importante instrumento de transformação e superação das desigualdades sociais, cabendo ao gestor público promover em seu estado e município a inclusão da educação – em especial, a básica – como elemento de verdadeira transformação social.

*Presidente da Fundação Joaquim Nabuco/Ministério da Educação


Programas na área da saúde são referências no atendimento em Apodi

Atendimento médico noturno na UBS da comunidade de Melancias

A saúde na cidade de Apodi tem se destacado bastante durante a gestão do prefeito Alan Silveira. Mesmo assim, o trabalho continua para melhorar cada vez mais o atendimento à população. Nessa terça-feira (27), duas ações que são sucesso na área da saúde do município foram realizadas pela gestão municipal, os programas "Saúde em Dia" e "Atendimento Noturno Diferenciado".

Os profissionais explicam que o trabalho em saúde implica o comprometimento do profissional em várias dimensões: prevenção, cuidado, proteção, tratamento, recuperação, promoção, enfim, produção de saúde. “Muitas vezes, o problema que aflige o usuário pode ter um desfecho simples e rápido. A partir do momento que o profissional dispõe de sensibilidade e conhecimento na escuta do usuário e tem o devido conhecimento para buscar soluções plausíveis, o processo de atendimento e resolução é agilizado”, explica o secretário municipal de Saúde, Sabino Neto.

"Pelo programa saúde em dia foram realizados mais de 60 consultas com ginecologista, totalizando 5.500 atendimentos e procedimentos desde o seu início. No atendimento noturno, na UBS do distrito de Melancias, foi realizado mais de 50 atendimentos. É a Prefeitura de Apodi investindo cada vez mais na saúde da população", comemora o prefeito Alan Silveira.

terça-feira, 27 de agosto de 2019

XII Conferência Municipal da Assistência Social


O prefeito Alan Silveira e a vice-prefeita Hortência Regalado, ao lado da secretária de Assistência Social, Itamara Sena, participaram na manhã desta terça-feira (27), da XII Conferência Municipal da Assistência Social. Com o tema Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento e Participação Social.

O evento foi organizado e realizado pelo Conselho Municipal da Assistência Social com o apoio da Prefeitura de Apodi. Com o objetivo de discutir políticas públicas, dialogar, considerando que a participação popular e o envolvimento dos usuários do SUAS são fundamentais para que as conferências exerçam seu papel e cumpram com seus objetivos legais, através sobretudo, da mobilização da população.

Viçosa realiza encontro do Consórcio Público de Resíduos Sólidos do Alto Oeste


O prefeito de Apodi Alan Silveira participou, na manhã desta terça-feira (27), da 34° reunião do Polo Serrano e também da reunião do Consórcio Público de Resíduos Sólidos do Alto Oeste, na cidade de Viçosa.

“Sempre estamos participando do polo serrano para incentivar o turismo da cidade e também a reunião com o consórcio de resíduo sólido, para tratar da construção do aterro sanitário e estações de transbordos. Estamos juntos no consórcio com mais 43 municípios para resolver a questão do lixo”, explicou o prefeito.

Audiência Pública discute processo unificado de escolha do Conselho Tutelar


O presidente do Conselho Municipal da Criança do Adolescente (CMDCA) Emerson Medeiros esteve na manhã desta terça-feira (27), na Câmara Municipal para articular a realização de uma audiência pública sobre o processo unificado de escolha do Conselho Tutelar, onde será apresentado os 16 candidatos que irão disputar as 5 vagas para o quadriênio 2020/2024.


A audiência ainda tratará sobre temas relacionados a importância do voto e do funcionamento do Conselho Tutelar. A mesma será realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Prefeitura Municipal através da secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social e Câmara Municipal. 

Fica a lição na cara do Brasil

A direita provocadora e a esquerda histérica pensam que o mundo pode ser medido pela régua de suas idiossincrasias.

O desmesurado escândalo alavancado pelos movimentos mais interessados na destruição do governo Bolsonaro do que preocupados com o desmatamento, teve um desfecho melhor do que a encomenda.

A Europa deu uma lição aos radicais brasileiros ao sinalizar um sentimento de apoio à Amazônia muito acima da medíocre disputa em voga no Brasil entre saqueadores de cofres públicos e apologistas da caça às bruxas.

Ângela Merkel mostrou porque merece o título de estadista ao defender um estreito diálogo com o arengueiro Bolsonaro para que não pense que “estamos contra ele”.

A postura dos chefes de estado europeus foi um golpe de veludo na cara da esquerda que sonha em mobilizar o planeta contra o seu mais temível inimigo, e deu uma lição de bons modos e de responsabilidade ao bolsonarismo no trato das superiores questões de interesse humano.

O recado da Europa bate forte na cultura política de um Brasil perdido nas tempestades ideológicas de uma esquerda dinossaura sem rumo e sem discurso, e uma direita perdida no tempo sem competência para mostrar ao que veio e dedicando o precioso tempo em fabricar confrontos inúteis.

O episódio do incêndio nas matas do Amazonas teve um final feliz na medida em que forçou a mobilização oficial em favor da floresta secularmente depredada por aventureiros e por ladrões do patrimônio ecológico brasileiro.

Tomara que dê tudo certo.

Por Ângelo Castelo Branco


ApoDiário inova e passa a oferecer notícias em áudio

O ApoDiário está inovando na forma de levar notícia aos seus leitores. Há cerca um mês, o ApoDiário começou a disponibilizar suas matérias não só em texto, mas também em áudio.


O objetivo é facilitar a vida do leitor, em especial os 'deficientes visuais' e priorizar a entrega da informação ao público final. Todas as matérias com o recurso de áudio estarão sinalizadas acima do título com o símbolo de um Play >. Além disso, o recurso de áudio fica disponível no início do site, facilitando o acesso e permitindo ao leitor ouvir as matérias que estão na página inicial em sequência e sem interrupções.

Este humilde escrevinhador informa que as matérias em áudio do ApoDiário também podem ser utilizadas por rádios da cidade ou da região (desde que façam referência), fazendo com que a notícia alcance o maior número possível de pessoas.

O sucesso para nós é informar o maior público que possamos atingir. Os tempos atuais exigem inovação e criatividade do Jornalismo.

Outra novidade é ativação do sininho, ativando você receberá notificações assim que for publicado um novo post.

ApoDiário é mais inclusão!

Céu é o Supremo e não o Senado

Atribui-se a Tancredo Neves a frase de que “O Senado é o céu, sem precisar passar pela morte”. Mas o céu, na verdade, é o STF. Cada um dos 11 ministros da Corte embolsa R$ 39,3 mil de salário, fora os auxílios penduricalhos, como moradia, pré-escolar e natalidade. As despesas para manter a Corte chegam a meio bilhão de reais por ano.

Tem 2.450 funcionários, uma média de 222 por ministro, com salários que variam de R$ 6 a 30 mil. Tem, pasmem, 25 bombeiros civis, 85 secretárias, 293 vigilantes, 194 recepcionistas, 19 jornalistas, 29 encadernadores, 116 serventes, 24 copeiros e 27 garçons, 12 auxiliares de desenvolvimento infantil e 58 motoristas.

Suas excelências gastaram, no ano passado, R$ 2 milhões em educação pré-escolar, R$ 12 milhões em alimentação, R$ 204 mil em auxílio funerário, R$ 10 milhões em informática e R$ 40 milhões em segurança institucional, privilégio que nem todos podem ter.

Os ricos e os pobres – O rendimento médio de um ministro do STF é 18 vezes maior do que o do trabalhador. O Judiciário brasileiro é um acinte à pobreza. É, comprovadamente, um dos com a melhor remuneração e mordomias do mundo. Nos Estados, há aberrações, como no Rio, onde um juiz chega a ganhar mais de R$ 100 mil. Enquanto isso, o salário mínimo teve um aumento de apenas R$ 42,00.

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

O que vai mudar na legislação para as eleições de 2020

Em 2017, o Congresso Nacional aprovou a minirreforma eleitoral que trouxe algumas mudanças na legislação vigente, fazendo com que muitos políticos, pré-candidatos e partidos tenham atenção redobrada nas modificações que impactarão diretamente as eleições de 2020. Conhecer as leis que regulamentam todo o processo eleitoral deveria ser uma obrigação para todos que,  de alguma maneira, estejam envolvidos com campanhas políticas.

Apesar terem sido consideradas tímidas, as mudanças influenciarão os rumos da próxima eleição, principalmente devido a Emenda Constitucional n° 97/2017, que definiu o fim das coligações proporcionais a partir de 2020.

O que muda nas eleições de 2020?

Todo mundo quer saber qual será a diferença entre as eleições de 2020 e as anteriores. Afinal, já estamos perto da largada e ninguém quer começar pisando na bola.

Além do fim das coligações proporcionais, questões como uso do fundo partidário e tempo de domicílio eleitoral dos candidatos também sofreram alterações.

Pautas relacionadas à legislação eleitoral que sempre estão em alta, como o uso do número de campanha fora do período oficial e utilização do slogan durante a pré-campanha também entram na lista de preocupações de quem vai fazer campanha nas próximas eleições.

Por Marcelo Vitorino


Grupo de Desbravadores realiza palestra com o tema 'Quebrando o Silêncio'


O secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Hessinho Mayard e o adjunto Ronyellison Silveira participaram, durante a tarde desta segunda-feira (26), de uma palestra realizada pelo Grupo de Desbravadores com o tema Quebrando o Silêncio.

A ação aconteceu em parceria com o Grêmio Estudantil da Escola Estadual Professor Antonio Dantas e teve como objetivo conscientizar e combater o abuso sexual entre jovens e adolescentes.

XII Conferência Municipal da Assistência Social


O município de Apodi sediará nesta terça-feira (27), a XII Conferência Municipal da Assistência Social. Com o tema 'Assistência Social: Direito do Povo, com Financiamento e Participação Social'. O evento, que é organizado pelo Conselho da Assistência Social em consonância com a Prefeitura de Apodi, acontecerá a partir das 7h30 no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Lagoa Seca.

“Será um importante momento de discussão de políticas públicas dentro do prisma da assistência social, esperamos contar com a participação da sociedade civil no intuito de fortalecermos cada vez mais a assistência no âmbito municipal”, comentou Itamara Sena, secretária de Assistência Social.

Projeto 'Educando crianças para que não seja preciso punir homens' chega a segunda etapa


O projeto "Educando crianças para que não seja preciso punir homens" está em sua segunda etapa realizando visitas domiciliares as famílias dos alunos das unidades escolares assistidas pelo Projeto. Com o objetivo de orientar, escutar e viabilizar um melhor comportamento da garotada, o projeto também proporciona auxiliar com problemas relacionado a saúde dos alunos e familiares.

"Essa segunda etapa é fundamental para desenvolver com sucesso o melhor comportamento e ensinamentos aos alunos. A família é 70% da construção da identidade deles, com elas orientadas, motivadas e com o projeto sendo parceiro é um Plus tanto para a família que vê o resultado dentro de casa, para as escolas que vê o resultado na classe e para o projeto que vê tudo fluindo como planejado", comentou Canindé Filho.

O projeto hoje se encontra presente em mais de 15 unidades escolares do município de Apodi e contempla mais de 1.500 famílias.


[informe publicitário] O melhor para seu bebê. Aguardem!


Sertanejo Atacarejo prepara para você o que há de melhor para seu bebê.

Os melhores preços estão aqui! Aguardem!!

domingo, 25 de agosto de 2019

Prefeitos de Apodi/RN e Limoeiro/CE firmam parceria para recuperar estrada que liga o Góis a Limoeiro

O prefeito de Apodi Alan Silveira se reuniu na tarde deste domingo (25), com o prefeito da cidade de Limoeiro do Norte, José Maria. A reunião aconteceu na fazenda Nordestina, próximo ao sítio do Góis, e teve como objetivo firmar uma parceria para recuperar a estrada que liga o polo Góis à cidade de Limoeiro, no Ceará.

"Esta será uma ação inédita que beneficiará os dois municípios", falou o prefeito.

Apodi realiza convenção estadual da Juventude MDB


O município de Apodi sediou, neste sábado (24), a convenção estadual da Juventude MDB. Um momento histórico na política local, onde reuniu mais de 3 mil pessoas na residência da ex-prefeita Gorete Silveira para prestigiar a nomeação do jovem prefeito Alan Silveira como presidente da JMDB do RN.

“Estou muito feliz. A presidência demonstra o prestígio que o nosso trabalho tem fora de Apodi, e essa multidão é a certeza de que estamos no caminho certo”, comentou Alan.


O deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), cumpriu agenda neste sábado (24) na cidade de Apodi. Ezequiel participou da Convenção Estadual da Juventude do MDB-RN, que tem como presidente o prefeito Alan Silveira. A vice-prefeita Hortência Regalado (PSDB) também integrou o evento, que contou ainda com a presença do deputado federal Walter Alves (MDB).

“É na juventude que está a solução para os maiores problemas da sociedade atualmente, e o envolvimento dos jovens é fundamental para que possamos reerguer nosso país e também o Rio Grande do Norte. Aproveito para parabenizar o prefeito Alan Silveira, não apenas pelo novo desafio como presidente da Juventude do MDB, mas também pela grande gestão que vem realizando à frente da Prefeitura de Apodi”, disse Ezequiel.


Alan Silveira agradeceu pela presença de Ezequiel e também pela parceria do mandato do deputado com a cidade. “Apodi agradece pelo apoio que tem recebido em todas as áreas. O deputado Ezequiel tem sido um importante parceiro da nossa gestão”, disse o prefeito.

A ex-prefeita Gorete Silveira, prefeitos do Médio e Alto Oeste Potiguar, vereadores e lideranças participaram do evento em Apodi.